segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Mas, pra que serve a queratina?



Na quantidade ideal, recupera os fios danificados e permite que o cabelo fique mais brilhoso. Ela é uma proteína fibrosa que constitui diversas partes do corpo humano, entre elas, os cabelos e unhas. Formada por aminoácidos, representa uma boa parte do fio, é responsável pela integridade dos cabelos e, por isso é usada em diversos tratamentos capilares em salões de beleza. Funciona como uma proteção e preenchimento das falhas ocasionadas por processos externos ou deficiência orgânica.

Os aminoácidos da queratina podem ser produzidos a partir de cabelos humanos e também de lã, assim como de chifres e penas de animais.


A falta dessa proteína pode ser ocasionada por excesso de química, sol, chapinha, secador e poluição. Com a ação desses "inimigos", as escamas superficiais do cabelo se abrem, deixando a camada interna exposta, o que resulta em perda de água, nutrientes e queratina.

A agressão diária aos fios resulta cabelos quebradiços, sem brilho e com elasticidade preocupante. Para recuperá-los, o que não faltam são tratamentos para reposição de queratina, como por exemplo, a Selagem, Nanoqueratização e Hidroqueratização Fotônica, mas é muito importante consultar um profissional para saber qual é o tipo de tratamento adequado para a carência do seu cabelo.

Como todo excesso, o da queratina também é prejudicial. Os fios enrijecem, o que pode causar ressecamento, opacidade, quebra e perda nos movimentos naturais dos cabelos. Especialistas recomendam utilizá-la com cautela e ter muito cuidado na hora de comprar qualquer produto que prometa restauração com essa substância.

Fica a dica, 
Beijos!